Temos acompanhando em todo o mundo inúmeros casos de famosos com depressão e algumas chegam a tirar a sua própria vida, uns através do ingerimento de medicamentos de forma excessivas, outros já dando tiro com arma de fogo contra si mesmo, e por aí vai os inúmeros casos de pessoas que as vezes aparentam ter tudo, mas que na realidade, por dentro estão destruídas.

Um caso que chocou a muitos no Brasil, foi o do falecido baixista do Charlie Brown Jr, Champignon, que tirou sua própria vida com um tiro na cabeça aos 35 anos, apenas 6 meses após a morte do também integrante da banda e vocalista, Chorão, que também tinha quadro de depressão antes de sua morte.

Casos como este do Champignon têm se tornado comum, e usei pessoas famosas para explicitar, para que vocês compreendam que isso acontece com todos, em todo o mundo, e não somente com pessoas famosas, mas com todos que vivem no planeta – do rico ao pobre.

O baixista de Charlie Brown chegou a dizer dois meses aós Chorão morrer; “Não sei porque ele faria isso, mas acredito que ele perdeu a fé em viver. Se a pessoa vive sem fé, não importa se é em alguma religião ou em outra coisa, não tem como continuar”.

Esse é o pensamento da maioria das pessoas que tiram a própria vida ou entram em quadro de depressão. A perca da fé e a consumição mental que lhes conduz ao sentimento e pensamento de autodepreciação, o que é muito sério e virou caso de discussão pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

E se eu dissesse que isso está muito além da compreensão científica?

É sabido que estamos chegando aos tempos finais da humanidade, temos falado sobre isso, no entanto  poucas pessoas compreendem o lado espiritual da coisa.

O que conduz a humanidade para a degradação mental e moral, é Satanás, que tem ódio mortal da criação de DEUS e portanto, imputa maldades para acusar a humanidade de pecar contra O Senhor. A influencia maligna no mundo é tão forte, que temos visto inúmeros casos de assassinatos, prostituição, doenças, maledicências e diversas outras coisas que obviamente são provenientes das trevas, que visam influenciar aos homens que “dão lado à ela”.

E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. (Mateus 24:12)

A iniquidade, é a multiplicação da imoralidade, do pecado, da oposição contra DEUS. Em detrimento disso, o amor vai se esfriando e os pensamentos das trevas vêm ganhando a mente do homem o levando a degradação mental.

Isto é algo que está acontecendo em nossos dias e como o pecado tem se multiplicado de maneira ostensiva, a depressão e o espírito do suicídio vem ao homem como uma “doença letal” que o leva aos mais profundos da escuridão.

Muitas pessoas que estão com depressão precisam de amor, carinho, compreensão e o mais importante, de atenção. E com O ESFRIAR DO AMOR isso tem se tornado praticamente escasso, e daí é que nasce a autodepreciação e a vontade de tirar a própria vida.

Leiam a Bíblia!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here