Bispo Edir Macedo se pronuncia sobre a entrevista do demônio e diz que injustiça do demônio contra as igrejas pode ser justiça de Deus

Em vídeo Edir Macedo pede perdão aos pastores sobre a entrevista com o demônio, mas não diz que é mentira.

O bispo Edir Macedo líder da Igreja Universal do Reino de Deus decidiu se pronunciar após a polêmica entrevista do demônio feita pelo Bispo Rogério Formigoni também da Igreja Universal do Reino de Deus. Macedo comentou o fato ocorrido em seu programa diário, “a palavra amiga”, o vídeo recebeu muitas críticas incluindo alguns pastores renomados como o deputado federal Marcos Feliciano.

“Eu creio no trabalho dos servos do Altíssimo e eu quero aqui Diante de todos e, sobretudo diante de Deus pedir perdão embora eu não tenha nada a ver com isso, mas por conta da ofensa que o vídeo trouxe aos demais pastores, eu me sinto culpado. Talvez tenha faltado respeito ao trabalho dos outros”, afirmou durante o pronunciamento.

O bispo pediu perdão a todos os pastores que se sentiram ofendidos pelo vídeo que foi divulgado e repercutiu intensamente no meio evangélico, ofendendo outras denominações, mas em nenhum momento o bispo negou as palavras do demônio e disse que talvez a injustiça desse episódio seja justiça de Deus sobre todos os pastores e igrejas citados.Clique na seta abaixo, após a publicidade, para continuar lendo a matéria.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2